"Percorri toda essa trajetória e até agora não cheguei a lugar algum.
Sim, acredite, eu mudei muito. Descobri dentro de mim mesma, uma pessoa muito paciente, muito esperançosa muito corajosa, muito guerreira. Mas chega um ponto que as forças acabam, o corpo pede descanso e a mente já não funciona.
Meu coração já não aguenta mais bater, as lágrimas já não chegam aos meus olhos, e minhas pernas não sustentam mais o meu corpo. Isso tudo porque aquela mensagem de "eu te amo" não chegou aos meus ouvidos, esse tempo todo. "
Anne Martins

domingo, 25 de janeiro de 2009

Momento de felicidade.

Hoje eu acordei cansada, meus pensamentos estavam descrentes, eu parecia carente.Mas não estava carente, não estou carente.

Minha estrada já é longa. Meu corpo, minha mente e meu peito pedem descanso, pedem que eu desista, mas eu luto contra eles e não desisto.

Eu te quero aqui, te quero aqui comigo.Sentir seu corpo suado, seu rosto molhado de suor, sua boca tremendo de nervoso ao encostar na minha pela primeira vez, quero sentir você, ter você por inteiro, amar você, escutar suas palavras bonitas, e sua voz falhando ao dizer pela primeira vez que me ama.

Sinto a necessidade de te ter por perto, prestar atenção nos seus atos, admirar sua beleza, olhar nos seus olhos e dizer mais uma vez que eu te amo.

Encanto-me com sua timidez, com a nossa falta de assunto quando estamos juntos, com a sua vergonha de se render e dizer finalmente o que eu quero ouvir.

Me sinto feliz quando te tenho por perto, mesmo que como amigos.Quando estamos juntos parece que o tempo pára, meus problemas somem, pareço uma boba, meu sorriso não esconde...dá pra ver nitidamente que é o momento em que estou mais feliz, por estar com você.

E assim sempre será, estarei sempre à te procurar, a te amar, querer te ter...esperando você aceitar, você assumir, você querer me amar.

Um comentário:

Lívia Brito disse...

Vivo esses sentimentos quase o tempo todo, é o bendito amor que eu amo.

Gostei do seu cantinho... ;)

Beijos.